Fiz. Faço. Farei.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

desportuguesar


Hoje quando fui ao Facebook deparei-me com esta publicação da RFM. Como vivo há precisamente dois meses num apartamento, interessei-me pelos comentários, numa de perceber as opiniões e experiências das outras pessoas. Eu e o dito-cujo nunca tivemos nenhuma mas mais vale saber com o que contar.
Pois bem, comecei a fazer scroll nos comentários e cheguei à conclusão [que já tinha concluído, em realidade...] de que os portugueses não sabem escrever. Não sabem escrever português! Não sabem usar pontuação! Não sabem expressar-se! Não sabem transcrever o que lhes vai na ideia.
É terrível. Eu chego a ter alguma vergonha alheia... As pessoas pensam que estão a dizer grandes coisas, no caso a achar que estão a contar uma história com muita piada mas vai-se a ver e... não percebi nada! Como disse? Mais de três quartos das palavras têm erros ortográficos. Não usam sinais, acentos, nada. Nem sequer existe nexo no que escrevem.
Estas pessoas são quem? Os licenciados, mestrados e outros -ados deste país? São os drs. que temos? Não sabem a língua portuguesa, que vem dos tempos da escola primária e básica, e depois querem que a escola superior faça deles o quê ou quem? Se Camões tiver Facebook já morreu mais umas centenas de vezes ao ver esta escrita desportuguesada.
Eu também erro, estão ver? Digo palavras que nem existem! Mas em 95% das vezes respeito a minha língua, sei o que digo e como escrevo. Porque se assim não for mais vale estar(mos) calada.

1 comentário:

Janny disse...

R: recebi um e-mail da La Redoute um dia antes da encomenda chegar ao ponto pick up! E continuava como 'processada'... Já recebi a encomenda e correu tudo bem. Espero que aconteça o mesmo contigo!