Fiz. Faço. Farei.

domingo, 24 de julho de 2016

Hey, (não) tenho asas nos pés!

Eu adoro saltos altos. Adoro mesmo! Gosto de experimentar, de ver em sites de moda e calçado, gosto da elegância que dão a uma mulher. Há sapatos absolutamente magníficos que eu não me importaria nada de ter. Mas depois... não tenho paciência [nem pernas nem pés] para andar com eles calçados.
Quando era mais jovem adorava usar. Os da minha mãe, das minhas tias, das colegas... Quando eu e as minhas amigas íamos a festas levávamos um par no carro para calçar quando chegássemos ao baile. Ao café habitual e para conduzir umas sapatilhas serviam; mas depois quando chegávamos a um sítio mais composto, mudávamos para os saltos altos. Havia pernas para os saltos toda a noite e mesmo a dançar nunca nos cansávamos.
Mas agora? Valha-me Deus! Já me basta nos casamentos e outras festas do género... e sabe-se lá o sacrifício que é!
Continuo a adorar este género de calçado. Principalmente em modo sandálias para usar agora no Verão. Gosto muito. Mas não sei se é da idade ou não, já não tenho pachorra para andar uma noite inteira em cima de uns saltos e chegar a casa com os pés a gritar socorro.




1 comentário:

Anaa disse...

Totalmente de acordo. Adoro saltos altos, acho que são lindíssimo e que dão uma elegância enorme a quem os usa...mas nada é mais importante que o conforto e a sensação de chegar a casa com os pés em bom estado!