Fiz. Faço. Farei.

terça-feira, 17 de novembro de 2015

# cinquenta e um - ERASMUS UAH

O último dia desta aventura foi hoje. Só vou embora no Domingo, com os meus pais, mas hoje é oficialmente o último dia de estágio.
Tal como contei, ontem depois de chegar de Madrid fui fazer pastéis de nata para levar hoje para o serviço de farmácia. Modéstia à parte, ficaram deliciosos - à vista e ao paladar. Fui muito elogiada e, citando o querido P., "se não tiveres futuro como farmacêutica, garantidamente tens sucesso na pastelaria"! Eu penso o mesmo e, secretamente, quero muito ter um pequeno negócio de cozinha. Mas sobre isto falamos outro dia.
Foi uma manhã igual às outras, com a diferença de que fiz as devidas despedidas e ainda chorei umas boas lágrimas. [Também foi a preocupação que sentia com a espera dos resultados de uns exames da minha mãe [felizmente está tudo bem!] e quando a A. falou disso, não consegui evitar desfazer-me num pranto.]
Acho que a minha passagem neste sítio foi, realmente, pequena. Havia MUITO mais para fazer, MUITO MUITO mais para aprender, MUITO MUITO mais para viver. Continuo a dizer que, se soubesse o que sei agora, teria ficado mais tempo. Mas não podia adivinhar...
Conheci pessoas fantásticas, adorei os momentos que vivi, as gargalhadas ao pequeno-almoço, a amizade que cresceu com os meus colegas, as histórias hilariantes do P., enfim... não tenho palavras.
Às vezes temos medo de arriscar, queremos muito fazer alguma coisa diferente e "radical" mas olhamos para os obstáculos e deixamo-nos vencer por eles. É um erro! As recompensas são sempre superiores aos problemas que possam surgir e, por isso, o melhor mesmo é não desistir. Na dúvida, mais vale o arrependimento de ter feito do que passar a vida a pensar como seria se tivesse feito...

[30/10/2015]

Sem comentários: