Fiz. Faço. Farei.

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Isto [NEM] só em Portugal!

Nós portugueses costumamos dizer muitas vezes "Uma situação destas?! Isto só em Portugal, só mesmo neste país!". Queixamo-nos, muitas vezes, com razão, mas falamos como se só no nosso país se passassem coisas inacreditáveis ou os serviços fossem uma merda.
Pois tenho a dizer-vos que não! Aqui no país de nuestros hermanos também há funcionários mal-dispostos e serviços que funcionam mal, ao ponto de prejudicar a vida das pessoas.
A partir de hoje, o passe mensal dos transportes de toda a comunidade de Madrid vai custar 20 euros para jovens com menos de 26 anos. Uma maravilhosa tarifa, tendo em conta que inclui todos os transportes (metro, autocarro, comboios) e engloba muitas zonas, mesmo as mais distantes da capital.
Claro que, com esta nova tarifa, toda a gente está a recorrer às oficinas para fazer cartões, para pedir informações, para tudo. Ontem também eu fui fazer o meu cartão mas tive que fazer uma reserva há cerca de 3 semanas - para ser atendida ontem! E sem reserva, nada de cartão. Fui atendida por um anormal mas, pelo menos, despachou-me em 5 minutos e vim descansada à minha vida. Como a tarifa só era aplicada a partir de hoje, não pude carregar o passe e hoje fui a uma tabacaria para o fazer. Aliás, fui a duas. E nas duas me disseram que o cartão não estava actualizado, que tinha de voltar à oficina porque os cartões novos estavam a vir todos assim.
Lá fui eu, na companhia de uma outra rapariga com quem se passava o mesmo. Chegámos à oficina e, mais uma vez, uma funcionária com pouca vontade de ali estar. Para terem uma ideia, a oficina dos transportes de Alcalá funciona dentro de um café! Onde é que isto já se viu?! Pois... Adiante.
A mulher disse que tinha muitos outros cartões para actualizar, que só amanhã é que estavam prontos e que tínhamos de voltar depois porque às 20h fechava o tasco e não fazia mais nada. No meu caso, como vivo perto, disse-me para tentar antes dessa hora.
Eu fui e adivinhem a minha sorte. Exacto, nada de cartão. Tinha um monte deles e nesse monte não estava o meu. Havia uma imensa fila, as pessoas descontentes porque, como é óbvio, ninguém percebe porque é que vais fazer um cartão que depois não vem actualizado. Qual é a lógica? Eu amanhã tenho de pagar a viagem de volta do hospital até casa, que custa 1,30€. Não é uma fortuna, mas se tenho o cartão e o quero carregar para 30 dias, tenho direito a usufruir dele desde o dia 1 ao dia 30. Pior do que eu, estão as pessoas que fazem viagens todos os dias que custam 7 e 8 euros e amanhã não têm o passe para usar nos transportes...
Sabem que vos digo? Isto só aqui... e em Portugal!

Sem comentários: