Fiz. Faço. Farei.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

# vinte e quatro - ERASMUS UAH

Adoro quando estou a aprender alguma coisa nova e me deixam fazê-la. Mexer nas coisas, pegar nos materiais, fazer misturas, tudo. O aprender fazendo é o melhor que há.
Foi isto que aconteceu hoje, com a enfermeira T., na cabina das nutrições parenterais. Ela, além de me explicar como se fazem as bolsas da nutrição para os pacientes, deixou-me fazer algumas coisas e ajudá-la em alguns passos da preparação. É muito entusiasmante estar na cabina, vestir o equipamento todo, calçar as luvas e saber que vamos preparar algo que vai contribuir para a saúde de alguém.
Hoje, (felizmente!) suspenderam a nutrição de um bebé que nasceu prematuro e, por essa razão, não tive oportunidade de ver como se faz. Também não houve prescrições de colírios, que aqui se fazem muitos, pelo que não vi como aqui os fazem.
Mas o tempo que passei na cabina ensinou-me coisas novas, vi materiais que nunca tinha visto nem sabia que existiam e já deu para ter uma noção concreta de como funciona esta área.
Sem dúvida, aqui é onde mais gosto de estar. O meu grupo de colegas é animado, temos o francês sempre a dizer piadas e a fazer sucesso com a enfermeira M. e, quer a farmacêutica B. como a D. são muito simpáticas, estão sempre preocupadas se percebemos o que nos explicam e deixam-nos muito à vontade com elas.
Hoje também demos um passeio pelo hospital. Fomos conhecer o hospital de dia, para onde vai grande maioria da medicação que se prepara nas cabinas. Era um dia calmo, felizmente não estava cheio de gente francamente doente e debilitada. Não gosto nada de ser "turista" num local onde as pessoas estão mal...
Foi uma manhã produtiva e cheia de novidades para mim. Tal como já tinha concluído no início da semana, esta área é onde mais gosto de trabalhar e aprender.

Sem comentários: