Fiz. Faço. Farei.

domingo, 23 de agosto de 2015

"To travel is to live"

Se eu nascesse rica ou se, por qualquer razão, me encontrasse com muito mas muito dinheiro, eu não queria carros, eu não queria casas, eu não queria roupas nem sapatos. Nem carteiras LV nem sequer uma ilha só minha no Pacífico.
Eu apenas queria viajar. Eu não sei se isto se passa só comigo mas eu sinto tanta vontade, tanto desejo, tanta sede de conhecer o Mundo. O meu sonho, entre outros talvez mais parvos, é viajar pelo Mundo inteiro. Quem me dera não ter casa, não ter bens, só ter mesmo um cartão de crédito para poder ir a todos os países, a todos os mares, a todas as ilhas, a todas as cidades. Para conhecer todos os parques naturais, todas as praias, todos os monumentos. Nem sequer precisava de dormir em hotéis, bastavam-me pensões baratas ou casas de gente que me acolhesse por umas noites.
Acreditem. Eu e uma máquina fotográfica a correr por esse planeta e era a pessoa mais feliz desta vida!

1 comentário:

Janny disse...

eu queria viajar mas muito mais coisas também, os pecados materiais também me cativariam, confesso.