Fiz. Faço. Farei.

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Para ti. Sim, para ti.

Há quanto tempo não me surpreendes?
Há quanto tempo não dizes que me amas de uma forma diferente e original?
Há quanto tempo não te declaras a mim?
Há quanto tempo não me escreves algo bonito, sentimental, sincero?
Há quanto tempo não mostras carinho por mim?
Há quanto tempo não tens planos para nós?
Há quanto tempo não tiras um dia só para mim?
Há quanto tempo não me ofereces um presente?
Há quanto tempo não te mostras apaixonado?
Há quanto tempo não dizes que te orgulhas de mim?
Há quanto tempo não partilhas comigo o teu dia, as tuas actividades, os teus afazeres, as tuas idas aqui ou ali?
Há quanto tempo não me elogias, não dizes que me achas bonita ou reparas que estou bem vestida?
Há quanto tempo não me perguntas se estou bem, se estou feliz, se preciso de desabafar, se preciso de um ombro amigo?
Há quanto tempo não perdemos horas a falar ao telemóvel?
Há quanto tempo não me surpreendes?

Há quanto tempo não me amas?

Sem comentários: